terça-feira, 8 de abril de 2014

Polícia


Emoção no enterro da mulher atropelada na noite de domingo



Aparecida era muito querida na cidade
       VERMELHO NOVO - Uma multidão acompanhou o último adeus a mulher que morreu após ser atropelada na noite de domingo, 06, na rodovia próximo à gameleira saída para Vermelho Velho. Maria Aparecida Ferreira, 50, conhecida como Aparecida do Braguinha, estava caminhando pela via juntamente com o seu neto, de apenas 6 anos, depois de ter participado de uma missa na cidade, faltavam poucos metros para eles chegarem em casa, quando foram atingidos por uma motocicleta pilotada por Lucas Dutra Ribeiro, 18, que estava em uma moto emprestada por um amigo.
      Aparecida e a criança, o qual morava com a avó e a chamava de mãe, foram atingidos de cheio pela motocicleta. O motociclista também ficou ferido gravimente. Os três foram socorridos e levados para o hospital em Caratinga. Aparecida já estava desacordada e não resistiu aos ferimentos e veio a falecer pouco tempo depois. O seu neto ainda permanece internado, mas não corre risco de perder a vida. Já o estado de saúde de Lucas é grave, ele continua internado.
O acidente aconteceu poucos metros da casa de Aparecida
     No local onde ocorreu o acidente há três quebra-molas, justamente para evitar atropelamentos, mas eles não evitaram a tragédia.
    O sepultamento ocorreu na manhã desta terça-feira. Ás 8:00 horas aconteceu uma celebração e às 9:00 o sepultamento no cemitério da cidade, com a presença de centenas de pessoas.
    A PM alerta sobre o risco de se emprestar veículos para terceiros, pois em caso de irregularidade o proprietário também responde criminalmente.

O EXEMPLO
     
Na tarde de ontem muitas pessoas estiveram no velório
      Aparecida tinha muita amizade na cidade e em toda a região. Era uma mulher batalhadora pronta para ajudar todos que a procuravam pedindo ajuda. Trabalhou na extinta empresa de caolim durante muito tempo e também na prefeitura de Vermelho Novo, locais onde mostrou sua simpatia e generosidade para com as pessoas que a cercavam. Nos últimos dias estava inaugurando um restaurante em sua residência, que fica às margens da rodovia, onde tudo aconteceu.      Aparecida do Braguinha, como era carinhosamente conhecida deixa uma grande família e um legado de humildade e disposição para ajudar o próximo.

OUTRO ACIDENTE

     O lavrador Helder Rocha da Costa, 56, foi encontrado caído às margens da rodovia de acesso a Vermelho Velho, no córrego Água Limpa. O fato ocorreu por volta das 10:00 horas da manhã de ontem,07, ele estava em uma motocicleta.
       A polícia militar foi acionada e a perícia compareceu no local e fez os trabalhos de praxe.


Reportagem e fotos: Francisco Pinto - uniaodosvales@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cadastre-se!

Seguidores