quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Cidade

Funcionários do Banco do Brasil permanecem em greve
      RAUL SOARES - Entrou no sexto dia, provocando transtornos na vida de clientes, a greve dos bancários que continuam sem proposta de reajuste salarial; a classe reivindica 11,93% (5% de aumento real, além da inflação), participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 5.553,15 e piso salarial de R$ 2.860,21, entre outras reivindicações.
      Entre as agências que fecharam as portas, 139 eram da Caixa, 78 do BB e 134 de bancos privados.

      Em Raul Soares continua a paralisação ao público estando a agência funcionando somente em expediente interno.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cadastre-se!

Seguidores