sábado, 1 de março de 2014

Política

Posse de Boneizinho pode por fim ao clima de instabilidade política
"Com a renúncia de Juventino assumiu o vice-prefeito"

José das Graças assinou o termo de
posse
              


         VERMELHO NOVO - O vice-prefeito José das Graças da Silva, Zé Boneizinho, assumiu ontem, 28, a prefeitura de Vermelho Novo. Ele foi empossado pelos vereadores após a renúncia do prefeito da cidade Juventino Antunes Lopes - PSDB, que alegou problemas de saúde para deixar o cargo. O evento foi realizado no início da noite na Câmara de vereadores da cidade e atraiu a presença de varias pessoas para acompanhar a cerimônia.
      A posse de Boneizinho pode colocar fim ao clima de instabilidade politica em que vive o município desde o início do ano passado quando a justiça cassou o prefeito e o vice da cidade. Por isso essa foi a quarta posse de prefeito, em menos de 13 meses, que a população do município acompanha. No dia 01 de janeiro de 2013 a posse de Juventino, em março do mesmo ano a posse do presidente da câmara como prefeito da cidade, em maio a posse e retorno de Juventino a prefeitura e nesta última sexta-feira a posse de Zé Boneizinho. Mudanças que prejudicaram e muito o andamento de obras e serviços no município. Para os moradores que já estavam acostumando-se com as reviravoltas na vida política da cidade esperam que nova posse de prefeito aconteça somente em 2017.
A RENÚNCIA
      O anúncio de que o prefeito Juventino iria renunciar o cargo provocou especulações entre os moradores. Em uma matéria nós tratamos do assunto com muito cuidado e usamos a expressão "possibilidade" enquanto aguardávamos a oficialização o que veio aconter nessa semana. Juventino alegou problemas de saúde para deixar o cargo com poco mais de um ano. Segundo informações este também seria o motivo, da sua pouca presença na prefeitura, fator que havia sido sentido por seus aliados e adversários políticos.
População acompanhou a cerimônia no plenário da
Câmara Municpal da cidade
      Aos 63 anos de idade Juventino Lopes foi o primeiro prefeito de Vermelho Novo, no ano de 1997, pelo Partido dos Trabalhadores -PT. Mudou de partido antes mesmo de concluir seu primeiro mandato. Conseguiu se reeleger permanecendo no cargo até o ano de 2004. Como não podia mais se candidatar, indicou seu sucessor que também foi eleito. Nas eleições de 2008 voltou a se candidatar, desta vez no PMDB, mas foi derrotado nas urnas pelo candidato Geraldo Rodrigues. Em 2012 candidata-se novamente, sendo eleito com uma expressiva votação.
        Assumiu a prefeitura no dia 01 de janeiro de 2013, sendo cassado, juntamente com o seu vice, no início do ano passado, ficando fora da prefeitura por algum tempo, retornou ao cargo onde permaneceu até ontem.
O NOVO PREFEITO
      José das Graças foi vereador no município por três mandatos. Em 2012 foi convidado a candidatar-se como vice-prefeito de Juventino Lopés, onde foi eleito. Mesmo tendo uma boa carreira política, Zé Boneizinho sempre trabalhou como comerciante na cidade e eletricista na região.
        Hoje pela manhã a reportagem do jornal União dos Vales procurou o novo prefeito de Vermelho Novo. Em entrevista Boneizinho falou das expectativas para os trabalhos, anunciou mudanças, mas garantiu um governo de continuidade. O chefe do executivo anunciou recursos para o município e falou sobre temas polêmicos que tem afetado o município nos últimos dias, como: o corte de caronas no transporte escolar; e a paralisação das obras de construção das casas populares na cidade.
 
Acompanhe a entrevista:

Fotos: Rafael Gonçalves
Reportagem: Francisco Pinto
Imagem: Maria Helena Pinto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cadastre-se!

Seguidores